Inundações no centro da China matam dezenas de pessoas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

24 de julho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Depois das enchentes históricas na Europa, principalmente na Alemanha, na semana passada, a China também se viu às voltas esta semana com inundações que mataram ao menos 56 pessoas na cidade de Zhengzhou, capital da província de Henan que fica no centro do país.

Entre os mortos, 12 pessoas foram a óbito enquanto estavam no metrô na cidade.

Causas

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) chamou a atenção para o grande volume de chuva registrado na cidade entre as 4 e 5 horas da tarde do dia 20 passado, quando o acumulado de precipitação chegou a cerca de 200mm, o que representa cerca de 1/3 do esperado para o ano inteiro, que é de 641mm.

Segundo o website especializado Meteored México, "meteorologistas do país asiático acreditam que a grande quantidade de chuva foi resultado do fluxo de ar do tufão In-fa que se aliou a sistemas locais, provocando umidade excessiva".

Consequências

Além das dezenas de mortes, quase 400 mil chineses ficaram desabrigados e serviços essenciais, como os de transporte, foram prejudicados.

De acordo com o China Daily, 5.290 soldados, 30.000 policiais, 164.000 voluntários e mais de 400.000 funcionários e membros do Partido Comunista da China, estão trabalhando em Henan para ajudar na restauração dos serviços e no resgate das vítimas.

Notícia Relacionada

Fontes