Homem que fez seis reféns em um banco na França é detido

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de agosto de 2020

Um homem armado com uma pistola que fez 6 reféns mas libertou 3 deles, que invadiu um banco na cidade portuária de Le Havre, na França; foi detido e preso nesta quinta (6). Ele se rendeu após quase quatro horas de negociações com a polícia.

Um porta-voz da Polícia Nacional disse à agência de notícias Reuters que o homem inicialmente mantinha 6 pessoas em uma agência bancária. De acordo com as informações oficiais, o sequestrador é um homem de 34 anos, com histórico de problemas de saúde mental.

A Prefeitura de Le Havre determinou que o local fosse isolado enquanto policiais da Raid (tropa de elite francesa) tentavam negociar a liberação dos outros dois reféns mantidos no local. Foi determinado um perímetro de 500 metros de isolamento.

O que aconteceu?

De acordo com o portal RTL, o homem entrou na agência em Le Havre, na região portuária da França, por volta das 17h do horário local (o equivalente às 12h no horário de Brasília). A cidade fica localizada a 200 km da capital Paris.

O primeiro refém teria sido liberado às 17h35 do horário local, enquanto o segundo teria deixado o banco às 18h50. Outros dois foram liberados no início da noite, restando mais duas pessoas mantidas dentro da agência bancária. Após as 22h de lá (cerca de 17h em Brasília), o ministro do Interior, Gérald Darmanin, publicou que todos os reféns estavam salvos e o homem havia se entregado.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com