Halloween em igrejas protestantes nos Estados Unidos provoca indignação dos cristãos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de novembro de 2018

Nos Estados Unidos, a decisão de algumas igrejas protestantes no país em fazer verdadeiros “cultos temáticos” sobre Halloween, como forma de atrair fiéis da nova geração de jovens (que está menos religioso nos últimos 25 anos) está gerando indignação dos grupos de cristãos tradicionalistas desde final de outubro. As igrejas protestantes já fazem este espetáculo sobre Halloween dentro ou próximos aos seus templos pra atrair os jovens há anos e notícias relativas não é novidade no país.

No entanto, a notícia dessa prática feita por anos nessas igrejas é completamente desconhecida fora dos Estados Unidos, já que o evento é popular no país e não tem atraído atenção na mídia estrangeira. Comentários perfis dos usuários e líderes religiosos nas redes sociais (como Twitter, Facebook e Instragam) deixam claro que limites sobre eses eventos de Halloween nas igrejas foram ultrapassados.

O caso de maior destaque pela imprensa americana e dos sites cristãos é a Church by the Glades na cidade de Coral Springs (Estado da Flórida), quando o líder David Hughes apostou em uma série de mensagens ao longo do mês de outubro, chamadas “Spooktacular”: sermões que mesclam narrativas bíblicas com “medos comuns” das pessoas, como oportunidade de atrair não cristãos e oferecer “pura diversão”, que inclui músicas de sucesso como “Scream” de Michael Jackson (que morreu em 2009) e “Superstition” de Stevie Wonder.

O pastor Chet Gallagher (que atua como missionário em Tennessee) chamou atenção nas redes sociais dos últimos dias, ao compartilhar uma série de vídeos mostrando como igrejas protestantes fizeram decorações do Halloween dentro e fora das igrejas (nos estacionamentos). Um desses vídeos mostra a Journey Church na cidade de Lebanon (no Tennessee), onde é possível ver que foi criada superestrutura, onde os visitantes sentem-se num “parque temático” cheio de imagens que claramente pretendem causar medo e as pessoas com fantasias de Halloween andando pelo estacionamento.

Estamos na frente de uma igreja cristã, amigos. Como algo tão demoníaco pode ser exibido em uma das maiores igrejas de Lebanon?

Chet Gallagher

Histórico

O Halloween, apesar de ser conhecido internacionalmente há décadas como uma festa que acontece somente nos Estados Unidos no século passado, está ganhando popularidade fora do país, nos últimos anos em dezenas de países do mundo (entre eles o Brasil), graças à influência do cinema e nas TVs, que ganhou mais popularidade graças a internet.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati