Hackers chineses tentaram roubar dados da Moderna

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Hackers afiliados ao governo chinês atacaram a empresa de biotecnologia Moderna, uma das principais desenvolvedoras de vacinas contra coronavírus nos Estados Unidos, na tentativa de roubar dados valiosos.

Na semana passada, o Departamento de Justiça dos EUA acusou dois cidadãos chineses de espionagem. O documento diz que os hackers chineses "realizaram atividades de inteligência" na rede de computadores de uma empresa de biotecnologia de Massachusetts.

Moderna, com sede em Massachusetts, que anunciou o desenvolvimento da vacina em janeiro, confirmou à Reuters que está em contato com o FBI e foi notificada das supostas "atividades de inteligência de informação" do grupo de hackers.

Na sexta-feira, a China negou as acusações, chamando-as de infundadas.

A China não precisa se envolver em roubo de tecnologia e não o faz, disse Wang Wenbin, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores durante um briefing.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit