Grupo de mídia acusa Google de se beneficiar com filmes piratas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de fevereiro de 2007

Uma reportagem do Wall Street Journal informa que um grupo de gigantes da mídia acusou o Google de se beneficiar com a venda de filmes piratas e de fornecer apoio a dois sites suspeitos de oferecerem downloads ilegais.

Para se defender, o Google afirma que tomará medidas para evitar que isso se repita e encerrará negociações com os sites.

O grupo de mídia inclui a News Corp., Viacom, Sony, NBC Universal, Time Warner e Walt Disney.

As empresas alegam que o Google direcionou o tráfego para sites de pirataria. O Google teria vendido aos sites palavras-chaves sobre download de filmes piratas para ajudá-los.

Outros casos de pirataria

Não é a primeira vez que gigantes de mídia disputam com o Google. Por ser dono do YouTube site de vídeos gratuitos, o Google já foi acusado de disponibilizar conteúdo protegido por copyright.

Ver também

Fontes