Governo Temer não se manifesta sobre proposta de general

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


18 de setembro de 2017

O general do Exército Antonio Hamilton Martins Mourão, em uma palestra em Brasília, propôs uma intervenção militar, caso Brasília não resolva o "problema político pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos". O general Eduardo Villas Bôas contrariou as declarações, dizendo que “não há possibilidade” de uma intervenção militar no Brasil.

Temer porém ficou em silêncio, citando que não falará sobre o assunto. Apesar do Ministério Público não denunciar Antônio Hamilton Mourão, por considerar a falta de ilegalidade em sua proposta, Raul Jungmann, ministro da defesa, chamou o general Eduardo Villas Bôas para dar uma possível punição. Mourão sugeriu que o Exército poderia interferir na política e na administração do Brasil caso Brasília não resolva a atual crise política.

“Os fatos noticiados não configuram nenhum ilícito penal previsto no Código Penal Militar”, segundo o Ministério Público. Assim, não há necessidade de envolver o órgão.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati