Gnomos e monumentos utilizam máscaras

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de abril de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Gnomos e monumentos em Breslávia também cobrem o nariz e a boca, de acordo com a lei atual

Estátua ultilizando máscara

Os gnomos e monumentos localizados no centro da cidade de Breslávia, na Polônia, usam máscaras desde o dia anterior à introdução do isolamento social obrigatório, como parte de uma ação organizada pela Secretaria Municipal.

Os primeiros há utilizarem máscaras foram 20 gnomos no centro de Breslávia e três monumentos do poeta romancista polonês Aleksander Fredro, além do esgrimista na Universidade Square. Desde então, a ação vem desenvolvendo espontaneamente e sucessivamente gnomos e monumentos com máscaras.

Desde o início da pandemia de COVID-19, a Polônia já registrou 11.617 casos confirmados, 2.265 pessoas se recuperaram e 535 morreram.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit