General Motors pede concordata nos Estados Unidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de junho de 2009

A General Motors pediu proteção judicial contra falência nesta segunda-feira (1) junto ao Tribunal de Falências de Nova Iorque. O processo deverá durar entre 60 e 90 dias e poderá resultar no fechamento de 11 fábricas nos Estados Unidos.

O presidente Barack Obama e o diretor-geral da montadora, Fritz Henderson, deverão conceder entrevista coletiva à tarde, para esclarecer os detalhes. O pedido de proteção contra falência é o terceiro maior da história dos Estados Unidos e o maior já feito pela indústria manufatureira do país.

Fundada em 1908, a empresa já foi a maior montadora do mundo.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati