Geórgia: Governo adverte Rússia contra qualquer tentativa de anexar Abkházia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Visão centrada sobre a Geórgia, com evidência de mapa Abkhazia. Localização da Abkházia, em laranja.

15 de outubro de 2014

Geórgia — O governo da Geórgia, alertou à Rússia contra qualquer tentativa de anexar Abkházia, um território que declarou unilateralmente a independência da Geórgia em 1992, o Parlamento abkházio estuda, de fato, uma proposta de fusão entre Abkhazia e a Rússia. Este projeto é levado muito a sério por cada campo, depois que a agência de notícias russa RIA Novosti, publicou no último setembro «Transcaucasiana: rumo a uma unificação com a Rússia em 2015?». A Rússia já reconheceu a independência da Abkházia, ao mesmo tempo que com a Ossétia do Sul, no verão de 2008 e desde então, instalou as bases militares em ambas as regiões.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (ou Relações Exteriores) da Geórgia, advertiu à Rússia: «Esperamos que as autoridades russas não vão assinar o chamado acordo, caso contrário, será considerado um passo para a anexação de Abkhazia com todas as consequências legais». No mesmo comunicado, o ministério alertou que o projeto poderia criar problemas adicionais para a segurança da Europa, especialmente através do novo projeto apresentado ao Parlamento na segunda-feira da Abkházia, que envolve a criação de Forças Armadas conjuntas entre Rússia e Abkházia.

O presidente georgiano Guiorgui Margvelachvili, acredita que «este acordo é um novo ato contra a soberania e a integridade territorial da Geórgia (...) e ameaça as capacidades defensivas do nosso país».

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati