Geórgia: Governo adverte Rússia contra qualquer tentativa de anexar Abkházia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Visão centrada sobre a Geórgia, com evidência de mapa Abkhazia. Localização da Abkházia, em laranja.

15 de outubro de 2014

Geórgia — O governo da Geórgia, alertou à Rússia contra qualquer tentativa de anexar Abkházia, um território que declarou unilateralmente a independência da Geórgia em 1992, o Parlamento abkházio estuda, de fato, uma proposta de fusão entre Abkhazia e a Rússia. Este projeto é levado muito a sério por cada campo, depois que a agência de notícias russa RIA Novosti, publicou no último setembro «Transcaucasiana: rumo a uma unificação com a Rússia em 2015?». A Rússia já reconheceu a independência da Abkházia, ao mesmo tempo que com a Ossétia do Sul, no verão de 2008 e desde então, instalou as bases militares em ambas as regiões.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (ou Relações Exteriores) da Geórgia, advertiu à Rússia: «Esperamos que as autoridades russas não vão assinar o chamado acordo, caso contrário, será considerado um passo para a anexação de Abkhazia com todas as consequências legais». No mesmo comunicado, o ministério alertou que o projeto poderia criar problemas adicionais para a segurança da Europa, especialmente através do novo projeto apresentado ao Parlamento na segunda-feira da Abkházia, que envolve a criação de Forças Armadas conjuntas entre Rússia e Abkházia.

O presidente georgiano Guiorgui Margvelachvili, acredita que «este acordo é um novo ato contra a soberania e a integridade territorial da Geórgia (...) e ameaça as capacidades defensivas do nosso país».

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati