Exército da Rússia começou o recrutamento de crimeanos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Rússia passou a recrutar residentes da Crimeia para seu serviço militar. O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia condenou veementemente as ações da Federação Russa por violar o direito internacional humanitário.

De acordo com o ministério, o direito internacional proíbe a Rússia de forçar residentes da Crimeia a servir em suas forças armadas ou auxiliares, bem como de exercer pressão e propaganda para voluntariamente ingressar no exército.

“Desde o início da ocupação, a Rússia já realizou 11 campanhas, durante as quais cerca de 25 mil pessoas foram recrutadas ilegalmente para as Forças Armadas da Federação Russa. A Rússia deve parar com essas violações e cumprir inabalavelmente as obrigações”, enfatizou o Ministério das Relações Exteriores.

O exército russo planeja alistar 135 mil pessoas. A Ucrânia apelou à comunidade internacional para responder à violação do direito internacional humanitário.

Fontes

ru РФ начала призыв крымчан в армию: Украина выступает противRegioNews, 3 de outubro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com