Estreante Carolina Santiago bate recorde e conquista ouro em Lima

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de agosto de 2019

Hoje (28) é dia de folga para a nadadora Carolina Santiago. Mas amanhã (29) ela volta com tudo para nadar os 400 metros e os 50 m livre. Na sexta-feira (30), Carol fecha os Jogos de Lima com os 100m livre.

Mas o ciclo de competições continua com foco no Mundial de Londres, que começa no dia 9 de setembro. “Vai ser uma maratona. A gente já vai direto daqui para a Inglaterra. A preparação já vem desde o ano passado para fazer bonito lá.”

Ouro na estreia no Parapan

Carol Santiago enxerga apenas 30% do que as outras pessoas veem. Ela conquistou a medalha de ouro e estabeleceu o novo recorde Parapan-Americano. “Foi muito especial. Acordar, cair na água, bater um recorde e levar o ouro. Tudo isso é demais.”

A primeira competição no Centro de Treinamento (CT), na Capital Paulista, foi só em abril de 2019. “Foi natural. Amor à primeira vista. Era como se eu já estivesse na natação paralímpica sem ter sido apresentada. Eu conheci o pessoal do Grêmio Náutico União de Porto Alegre lá no Nordeste. Eles que me apresentaram o paradesporto. Mas treinei muito pouco lá. Fui quase direto para o CT Paralímpico. E o trabalho com a equipe do Leonardo Tomasello está excelente.”

Apoio familiar

Em dois momentos, Carol chegou a perder a visão totalmente, devido à chegada de um líquido à retina. “Aí tive que aprender a confiar mais nas pessoas. E tenho certeza que aqueles momentos foram fundamentais para eu chegar aonde estou hoje. A minha criação sempre foi essa. Para correr atrás dos meus sonhos. Infelizmente, os meus pais não puderam estar aqui. Mas, todo o mundo está na torcida e, com certeza, muito felizes.”

Em abril, Carol já havia quebrado duas vezes o recorde mundial dos 100 m peito. A melhor marca é 1min14s79. “Foi tudo muito rápido. Há uns 10 meses, eu nem era paralímpica. E hoje estou aqui em Lima com esse ouro e já tenho até recorde mundial.”

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com