Estados Unidos teme que Irã ataque solo norte-americano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James R. Clapper, Diretor de Inteligência dos Estados Unidos.

1 de fevereiro de 2012

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

James Clapper, diretor de Inteligência dos Estados Unidos manifestou seu temor diante de um possível ataque do Irã em solo estado-unidense. Segundo Clapper, Teerã tem a capacidade suficiente para enriquecer o urânio que necessita a criar bombas atômicas e espera que a comunidade internacional aplique mais sanções.

Clapper manifestou aínda mais seu medo diante dos membros do Comitê de Inteligência do Senado dos Estados Unidos. James declarou que "alguns funcionários iranianos haviam modificado seus cálculos e estão mais decididos a lançar um ataque contra Estados Unidos em resposta à ameaça real o percebida contra o regime" do Presidente de Irã segundo informou a agência de noticias EFE.

James colocou como exemplo, as tentativas de assassinar o embaixador da Arábia Saudita no Washington, em 2011.

Não creio que hajam decidido criar uma arma nuclear, mas um dado que indicaria que os dirigentes iranianos haviam optado por esta opção sería detectar que haviam enriquecido urânio por acima de 90 por cento.

James Clapper, Diretor de Inteligência dos Estados Unidos

Estados Unidos manifestou que na posibilidade complô, estão envolvidos pistoleiros do cartel mexicano, os Los Zetas e agentes iranianos.

Como tanto, Irã manifestou hoje que haviam finalizado as conversações que qualificaram como "construtivas" diante à Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA) e manifestou seu interesse por temer mais reuniões no futuro.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit