Emmanuel Macron estende quarentena até 11 de maio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de abril de 2020

Em uma mensagem aos franceses, o presidente Emmanuel Macron estendeu a quarentena, introduzida em decorrência da pandemia de COVID-19. No quarto discurso, o presidente francês disse que dentro de doze dias apresentaria um plano para organizar a sociedade e abandonar as restrições a partir de 11 de maio.

Macron relatou que uma situação tensa ainda prevalece na região de fronteira com a Bélgica, Luxemburgo, Alemanha e Suíça, bem como na província da Ilha de França. Os espaços públicos, como restaurantes, cafés, hotéis, cinemas e teatros continuarão fechados ao público.

Na França já foram 106.206 casos confirmados, dos quais 17.167 pessoas morreram e 30.955 se recuperaram até agora. As escolas serão abertas gradualmente no dia 11 de maio, segundo o governo.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com