Eleição presidencial francesa de 2022: Ségolène Royal diz que está "pronta para lutar"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de julho de 2020

Adversária de Nicolas Sarkozy na eleição presidencial de 2007, a socialista Ségolène Royal disse que estava "pronta para liderar a batalha" por uma "esquerda reunida" durante a próxima eleição presidencial francesa de 2022. Royal apresentou sua "experiência" e "identidade ecológica", quando foi duas vezes Ministra do Meio Ambiente.

A declaração surge após uma "onda verde" durante o segundo turno das eleições municipais. “O bom sinal dos municípios é que a ecologia está ancorada à esquerda. Os ambientalistas conhecem o meu trabalho”, explicou. “Se eu puder ser útil e se a esquerda tiver capacidade de se unir, lutarei esta batalha”, disse ela à Agence France-Presse.

Em pesquisa recente, Emmanuel Macron e Marine Le Pen aparecem como preferidos para disputar a presidência, Royal quer combater o "fato inevitável". Ela explica que a imobilidade é insustentável: “Não é possível não se mexer! Não quero que Marine Le Pen, a primeira Presidente da República, chegue e me diga que não fiz nada para impedir isso”. "Não estou em um itinerário pessoal", acrescentou, explicando que "se alguém souber melhor do que eu, vou apoiar".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com