Eleição alemã: os sociais-democratas conquistam a maioria dos votos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olaf Scholz, candidato do Partido Social-Democrata

27 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os resultados preliminares da segunda-feira mostraram que os social-democratas de centro-esquerda da Alemanha conquistaram a maior parcela dos votos nas eleições parlamentares nacionais, enquanto os partidos lutam para ver quem sucederá a chanceler de saída Angela Merkel.

Os sociais-democratas receberam 25,7% dos votos no domingo, seguidos por 24,1% para a União Democrática Cristã de centro-direita de Merkel.

O governador do Estado, Armin Laschet, do bloco conservador da CDU, e o ministro das Finanças e vice-chanceler Olaf Scholz dos social-democratas estão competindo para se tornar o líder da maior economia nacional da Europa, enquanto Merkel deixa o cargo após 16 anos como chanceler.

Cada um disse que buscará partidos menores para tentar formar uma coalizão de governo com o objetivo de ter um novo governo no cargo antes do final do ano.

Os principais alvos de apoio serão o Partido Verde ambientalista, que terminou em terceiro lugar com 14,8%, e os democratas livres pró-negócios, que terminou em quarto com 11,5%.

Merkel permanecerá no cargo como zeladora até que seu sucessor seja escolhido.

Notícias relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit