Donald Trump acusa Antifa de terrorismo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de junho de 2020

Bandeira dos Estados Unidos
Outras notícias sobre os Estados Unidos
Localização dos Estados Unidos
Localização dos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, postou uma mensagem em sua página do Twitter em 31 de maio, afirmando: "Os Estados Unidos reconhecem o movimento Antifa como uma organização terrorista".

Em 30 de maio, Trump culpou a Antifa e outros grupos radicais da violência estaurada durante os protestos em andamento em todo o país. Em julho de 2019, Trump já fez uma declaração semelhante a essa, chamando os antifascistas de "psicopatas covardes com visões radicais de esquerda".

Antifa — abreviação de Ação Antifascista — é um movimento de protesto contra o neonazismo, o fascismo e o racismo. Nos EUA, o grupo também se opõe às políticas adotadas por Trump, considerando-a nacionalista e anti-muçulmana. Esse movimento ficou conhecido nos Estados Unidos após os protestos de 2017 em Charlottesville.

Protestos em massa, seguidos de tumultos, assaltos e incêndios criminosos nos Estados Unidos, eclodiram no final de maio de 2020, após a morte do afro-americano George Floyd, cujo vídeo foi amplamente divulgado nas redes sociais.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com