Depois de matar esposa e filhos, policial comete suicídio na França

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Centro da cidade de Noyon.
Foto: Daniel VILLAFRUELA.

10 de setembro de 2017

Um oficial de polícia matou a tiros, por volta das 11hs30min da manhã (hora local), a sua esposa e os seus dois filhos na estação de trem da cidade francesa de Noyon, no departamento de Oise, depois que sua esposa lhe informara sobre suas intenções de se separar dele. Seus dois filhos tinham três e cinco anos, enquanto o terceiro sobreviveu e está sob custódia dos serviços correspondentes.

O homem estava subordinado à Prefeitura da Polícia de Paris. A mulher, que tinha 34 anos, chamou na manhã do crime os gendarmarias, comunicando-lhes sua decisão de deixar sua casa quando seu marido não estava. Eles aceitaram que um conhecido a conduzir-se à estação de trem, onde o marido estava esperando armado.

Depois de assassinar sua família, o policial se suicidou. A família vivia em Guiscard, perto de Noyon. A estação de Noyon foi fechada após o incidente e o trem parou por um longo período de tempo na estação. Segue-se a procura ativamente a uma testemunha que fugiu depois de presenciar os acontecimentos.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati