Democratas comemoram progresso nas negociações com a Casa Branca

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

5 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Autoridades da Casa Branca e democratas do Congresso devem se reunir novamente depois que os dois lados relatarem progresso no acordo sobre um novo pacote de ajuda econômica devido ao coronavírus.

“Encontramos entendimento em cinco ou seis questões. Ainda há muito o que fazer”, disse o líder democrata do Senado, Chuck Schumer, a repórteres na terça-feira.

Juntamente com a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, Schumer se encontrará com o secretário do Tesouro, Stephen Mnuchin, e com o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows.

Ambos os lados descordam com o tamanho do pacote de ajuda proposto: os democratas estão pedindo US$ 3,4 trilhões em gastos e os republicanos querem limitar a ajuda a US$ 1 trilhão.

Os tópicos discutidos incluem outra rodada de pagamentos, ajudando os inquilinos a evitar despejos, ajudando o Serviço Postal e abordando o subsídio federal de US$ 600 por semana que expirou na semana passada.

Os líderes republicanos propuseram aceitar um pacote de ajuda menor agora e deixar negociações sobre outros itens para mais tarde. Os democratas rejeitaram essa abordagem, argumentando que o governo federal deve tomar ainda mais medidas para enfrentar os desafios econômicos.

A Casa Branca criticou os democratas por bloquearem uma lei de curto prazo que estenderia os benefícios de desemprego por sete dias, dando aos líderes do Congresso mais tempo para negociar.

Fontes