Cuba defende reunificação China-Taiwan

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

17 de março de 2005

O governo cubano disse que irá dar total apoio ao princípio de "uma só China", conforme deseja o governo chinês.

A declaração emitida dia 14 de março (segunda-feira) pelo Ministro das Relações Exteriores de Cuba expressou forte desaprovação para todo tipo de tentativa de impedir os objetivos chineses de reunificação de seu país. Segundo Cuba, Taiwan (ou Formosa) é indubitavelmente uma parte da China e o governo cubano rejeita todas as ações que procuram considerar Tawian como um país independente.

Cuba menciona o principío da integridade territorial da Resolução 2758, estabelecido pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1971 para justificar sua posição.

Ver também

Fontes