Covid-19: na Singapura, quem não se vacinar e ficar doente, terá que pagar por seu tratamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na Singapura, o governo anunciou que quem não se vacinar contra a covid-19 "por opção", terá que começar a custear seu tratamento médico. Com isto, o Ministério da Saúde pretende diminuir o que chamou de "pressão desproporcional no sistema de saúde". O governo, em geral, cobre totalmente os custos médicos do tratamento da doença para todos os cidadãos, residentes permanentes e portadores de visto de longa duração.

Ontem, segundo o portal do Ministério, 1.700 pessoas estavam internadas em hospitais de todo país, com 300 requerendo suplementação de oxigênio na enfermaria geral, 68 sob monitoramento rigoroso numa UTI e 72 gravemente enfermos numa UTI.

Até 8 de novembro, 85% da população do país estava totalmente vacinada, reporta o Johns Hopkins Center for Health Security no seu Relatório da Situação emitido ontem.

CoronaVac é incluída no Programa de Vacinação, mas com restrições

O Grupo de Trabalho de Múltiplos Ministérios autorizou, no dia 23 passado, a inclusão da vacina CoronaVac no Programa Nacional de Vacinação.

O imunizante, no entanto, deverá ser aplicado preferencialmente apenas nas pessoas clinicamente inelegíveis para as vacinas que usam tecnologia mRNA, já que, segundo o governo, sua “eficácia vacinal é relativamente menor.”

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit