Covid-19: intervalo de aplicação da dose de reforço cai de 5 para 4 meses no Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

18 de dezembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga anunciou hoje que o intervalo de aplicação da dose de reforço da vacina contra covid-19 vai diminuir de 5 para 4 meses no Brasil "para ampliar a proteção contra a variante Ômicron" do Sars-Cov-2. Queiroga fez o comunicado em seu Twitter.

A dose de reforço é recomendada para todos os indivíduos maiores de 18 anos e a vacina a ser utilizada deve ser, preferencialmente, à base de RNA mensageiro - ou seja: a vacina da Pfizer.

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 159,6 milhões de brasileiros já tomaram uma dose de uma vacina contra a covid-19, o que representa mais de 90% da população-alvo. Deste público, 139,4 milhões já completaram o esquema vacinal.

Notícias Relacionadas

Fontes