Covid-19: Itália bloqueia exportação de vacina da AstraZeneca para Austrália

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Itália e a Comissão Europeia (da União Europeia - UE) bloquearam um carregamento da vacina contra a covid-19 de Oxford-AstraZeneca com destino à Austrália, informou a Sky News .

A fabricante sueco-britânica de medicamentos não cumpriu seus compromissos contratuais com a UE, o que fez o governo italiano recusar o pedido de exportar 250.000 doses de vacinas fabricada nas unidade de Anagni, perto de Roma.

A Itália pediu o bloqueio a UE, que ratificou o pedido sob a regra um novo sistema de controle de exportação que entrou em vigor em 30 de janeiro.

Esta é a primeira vez que o novo regulamento foi usado por um estado-membro.

Num comunicado, o Ministério das Relações Exteriores italiano anunciou que "a proposta italiana de negar a autorização foi aprovada pela Comissão Europeia e o Ministério das Relações Exteriores emitiu formalmente a ordem de negação de exportação no mesmo dia'.

Outros motivos citados pela Itália para bloquear a remessa incluem que a Austrália é considerada "não vulnerável" devido ao baixo número de casos de covid; a escassez de vacinas na Itália e na UE e o alto número de doses incluídas no envio.

Entende-se que as doses agora serão redistribuídas dentro da UE, onde cerca de 8% da população foi vacinada, em comparação com mais de 30% no Reino Unido.

Notícia Relacionada

Fonte



Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit