Covid-19: Espanha começa a emitir Certificado de Vacinação

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Espanha começou ontem a emitir o Certificado Digital Covid da União Européia (UE) a todos os cidadãos que residem no país e que solicitam o documento. Este novo sistema representa um passo decisivo para abrir o país para a mobilidade internacional segura.

Desta forma, a Espanha torna-se um dos primeiros países europeus capazes de emitir e reconhecer este certificado, quando faltam ainda mais de 20 dias para que ele se torne obrigatório, a partir de 1º de julho próximo, data fixada pela UE.

A emissão do documento será feita de forma progressiva, como um teste ao longo do mês de junho, embora todos os certificados emitidos este mês sejam válidos. Esta semana, a maioria das comunidades autônomas vai começar a emitir certificados digitais para quem comprovar que já foi vacinado ou se recuperou da covid-19.

Nas próximas semanas, as comunidades autônomas vão oferecer cada vez mais funcionalidades para que a partir de julho todas possam emitir os certificados digitais ou em papel (presenciais) para pessoas que atestarem uma destas três condições: vacinação, recuperação e resultado negativo de testes de diagnóstico.

Também a partir de ontem, qualquer cidadão passou a poder solicitar ao Ministério da Saúde um comprovante de que foi vacinado ou que superou a doença. A emissão do Certificado é totalmente gratuita e cada um gera um código QR que facilita sua leitura e o torna mais seguro.

Sem o documento, ainda será possível viajar dentro do território da UE, mas cada país poderá estabelecer medidas adicionais, como exigir testes negativos de covid-19 e quarentenas.

Novas regras para entrar na Espanha

Também ontem entraram em vigor as novas regras que regulam a entrada de viajantes na Espanha. Segundo as novas regras, todas as pessoas completamente imunizadas podem ingressar no país, independentemente de seu local de origem, comprovando a referida vacinação se vierem de um país ou zona de risco. As vacinas aceitas são a aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e devem ter decorrido pelo menos 14 dias desde que o esquema vacinal tenha sido completado.

Além disso, todas as pessoas que vierem de um país europeu do Espaço Schengen poderão entrar no território espanhol se comprovarem que foram vacinadas, que se recuperaram da doença ou se apresentarem um teste negativo para covid.

A Espanha também passou a liberar a entrada para viajantes da UE que apresentarem o Certificado de Vacinação Covid.


Notícias Relacionadas

Fonte



Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit