Covid-19: Argentina recebe mais 2 milhões de vacinas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Às 13h10 de hoje em horário local, um avião da Aerolineas Argentinas vindo de Moscou chegou ao aeroporto de Ezeiza trazendo 497.745 doses da vacina Sputnik V. Com esta entrega, foram atingidas 2.015.745 doses recebidas esta semana.

No domingo passado, chegaram 218.400 doses das vacinas Oxford-AstraZeneca através da iniciativa Covax Facility; na terça-feira, 300.000 vacinas Sputnik V; na quinta-feira, um milhão de doses da vacina da Sinopharm; e hoje outras 497.745 doses da Sputnik.

Com esta remessa e desde o início do processo de imunização promovido pelo governo nacional, a Argentina já recebeu um total de 7.266.500 doses de imunizantes contra covid-19.

“Quero agradecer o esforço de todos os que trabalham para garantir a chegada das vacinas ao nosso país, e principalmente à Aerolineas Argentinas, que com este vôo já completou com sucesso onze operações para continuar garantindo a chegada das doses da Sputnik V de Moscou”, destacou a ministra da Saúde da Nação, Carla Vizzotti.

“Nosso objetivo é claro e cada um tem o seu papel. Estamos trabalhando contra o relógio com as províncias para vacinar os grupos prioritários para minimizar o impacto nas internações e mortalidade da covid”, explicou Vizzotti.

De acordo com dados do Monitor Público de Vacinação do Ministério da Saúde, até esta manhã foram aplicadas 4.234.505 doses, sendo 3.550.166 de primeira dose e 684.339 de segunda.

Além disso, já foram distribuídas 5.817.845 doses e ontem começaram a ser transportadas 909 mil doses da vacina Sinopharm para todas as províncias do país.

Notícia Relacionada[editar]

Fonte[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit