Comboio descarrila e provoca dezenas de mortos em Espanha

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de julho de 2013

Equipas de socorro no local do acidente.

Ontem, dia 25 de Julho de 2012, por volta das 20:41 CEST (UTC+02:00), um comboio de alta velocidade descarrilou nas imediações de Santiago de Compostela, em Espanha. Até à data, foram confirmados 80 mortos e 168 feridos, de acordo com as autoridades espanholas. O Ministério do Interior de Espanha descarta a hipótese de atentado, estando a tratar a tragédia como um acidente.

O transporte percorria a linha que se inicia em Madrid e tem destino a Ferrol quando se deu o acidente. Um dos maquinistas do comboio admitiu que viajava a 190km/h numa zona limitada a 80km/h. A conselheira de Saúde da Junta da Galiza informou ainda que 95 feridos estão hospitalizados, 32 dos quais em estado crítico.

A empresa ferroviária RENFE avança que a bordo do comboio seguiam 218 passageiros, mais os elementos da tripulação. O desastre aconteceu na véspera da tradicional festa de Santiago de Compostela, celebração cancelada de imediato após o acidente.

A Junta da Galiza decretou sete dias de luto nacional. O presidente do governo de Espanha, Mariano Rajoy, visitou hoje o local do sucedido para prestar homenagem às vítimas. O Rei contactou com o responsável da junta da Galiza, para se inteirar da situação e para manifestar condolências e solidariedade para com os familiares das vítimas da catástrofe.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati