Comboio descarrila e provoca dezenas de mortos em Espanha

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de julho de 2013

Equipas de socorro no local do acidente.

Ontem, dia 25 de Julho de 2012, por volta das 20:41 CEST (UTC+02:00), um comboio de alta velocidade descarrilou nas imediações de Santiago de Compostela, em Espanha. Até à data, foram confirmados 80 mortos e 168 feridos, de acordo com as autoridades espanholas. O Ministério do Interior de Espanha descarta a hipótese de atentado, estando a tratar a tragédia como um acidente.

O transporte percorria a linha que se inicia em Madrid e tem destino a Ferrol quando se deu o acidente. Um dos maquinistas do comboio admitiu que viajava a 190km/h numa zona limitada a 80km/h. A conselheira de Saúde da Junta da Galiza informou ainda que 95 feridos estão hospitalizados, 32 dos quais em estado crítico.

A empresa ferroviária RENFE avança que a bordo do comboio seguiam 218 passageiros, mais os elementos da tripulação. O desastre aconteceu na véspera da tradicional festa de Santiago de Compostela, celebração cancelada de imediato após o acidente.

A Junta da Galiza decretou sete dias de luto nacional. O presidente do governo de Espanha, Mariano Rajoy, visitou hoje o local do sucedido para prestar homenagem às vítimas. O Rei contactou com o responsável da junta da Galiza, para se inteirar da situação e para manifestar condolências e solidariedade para com os familiares das vítimas da catástrofe.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati