Coligação liderada pela Arábia Saudita lança ataques aéreos no Iémen

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A coligação militar liderada pela Arábia Saudita disse que realizou ataques aéreos no Iémen no sábado para ajudar as forças pró-governo a conter um avanço na cidade de Marib, de acordo com a Agência de Notícias Saudita.

Os ataques aéreos aconteceram um dia depois que um ataque de drones reivindicado pelos rebeldes Houthis causou um incêndio numa refinaria de petróleo em Riade. O governo saudita disse que o fogo foi contido.

A Agência de Notícias Saudita disse que o ataque foi para "frustrar a tentativa da milícia Houthi de avançar em direcção a Marib em Al-Kasrah".

Rebeldes Houthi ligados ao Irão tentam capturar a província central de Marib do governo mundialmente reconhecido do Iémen numa campanha para obter controle total sobre a metade norte do Iémen.

A coligação liderada pelos sauditas entrou na guerra civil no Iémen em 2015 para defender o governo em dificuldades.

A guerra ceifou a vida de oito crianças e feriu 33 outras numa série de ataques somente neste mês, de acordo com o Fundo Internacional de Ajuda às Crianças das Nações Unidas.

"Condenamos esses ataques nos termos mais fortes possíveis", disse o UNICEF em comunicado no sábado. "Muitas vezes, as crianças e a suas famílias pagam o preço mais alto à medida que o conflito aumenta ao seu redor."

O UNICEF disse que o número real de mortes de crianças "provavelmente será ainda maior" e pediu às facções em guerra que protejam os cidadãos vulneráveis e interrompam os ataques às comunidades civis.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit