Ciclone extratropical causa danos em 119 cidades de SC

5 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O governo de SC (Santa Catarina) reportou no final desta tarde que 119 municípios sofreram danos devido às chuvas intensas causadas por um ciclone extratropical que passou pela costa do estado e do RS (Rio Grande do Sul) entre segunda-feira e hoje. As principais ocorrências registradas são alagamentos, deslizamentos de terra e quedas de árvores e muros.

Segundo o portal do governo, 44 mil pessoas foram afetadas, entre as quais há 7.100 desalojados e 518 desabrigados. “A Defesa Civil do Estado já deu início à distribuição de itens de assistência humanitária, entre cestas básicas, água potável, colchões, kits de higiene pessoal e limpeza”, reportou o governo também.

A situação é mais crítica no sul-sudeste do estado e onze municípios decretaram situação de emergência: Tubarão, Orleans, Forquilhinha, Urubici, Maracajá, Araranguá, São Joaquim, Lages, Laurentino, Anitápolis e Taió. “O volume de chuva dos primeiros dias de maio superou a média climatológica do mês na maioria dos municípios de Santa Catarina, especialmente nas regiões do centro ao sul do Estado, onde foram registrados valores acima de 250mm nesse período”, reporta o Epagri-Ciram, com o maior volume, de 409,40mm, tendo sido registrado em São Martinho, no Litoral Sul. O valor representa quatro vezes a chuva esperada para o mês de maio inteiro, enfatiza o órgão, ainda reportando que na Grande Florianópolis, no Vale do Itajaí e no Litoral Sul diversas cidades tiveram precipitação que chegou a 300mm.

Meteorologistas já alertavam para o evento de chuva extrema no RS e SC desde a semana passada.

Notícias Relacionadas

Fontes