China acusa Estados Unidos de provocação no Estreito de Taiwan

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Beijing • 28 de agosto de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

O ministério da defesa da China acusou os Estados Unidos de provocações após dois navios da marinha americana terem transitado pelo Estreito de Taiwan que separa este território da China.

Numa declaração no seu portal na internet, o ministério da defesa chinês descreveu o ato como “provocador” e disse demonstrar que os Estados Unidos são a maior ameaça à paz, estabilidade e criador de riscos de segurança no Estreito de Taiwan de 160 quilômetros de largura.

“Expressamos a nossa firme oposição e forte condenação”, disse a declaração.

A marinha americana disse que dois navios atravessaram o estreito em águas internacionais.

“O trânsito legal dos navios através do Estreito de Taiwan demonstra o compromisso dos Estados Unidos para com um indo-pacífico livre e aberto”, disse a declaração da marinha americana.

A passagem dos navios americanos por aquele estreito foi feita depois da China, que reivindica Taiwan, ter realizado exercício militares na zona.

A China não exclui a possibilidade de usar força militar para submeter Taiwan à sua soberania e tem recentemente intensificado exercícios militares na zona.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit