Caso Maddie: polícia portuguesa indicia homem alemão pelo desaparecimento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Imagem do resort de onde Maddie desapareceu

22 de abril de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Autoridades portuguesas anunciaram oficialmente ontem que o alemão Christian B (Christian Brueckner, apesar das autoridades alemãs não terem divulgado o sobrenome por questões legais) é o suspeito pelo desaparecimento de Madeleine McCann. O crime aconteceu em 3 de maio de 2007 e ao se completarem 15 anos em poucos dias, se encerraria o prazo para fazer qualquer indiciamento em Portugal.

Madeleine, mais conhecida como Maddie, desapareceu aos 3 anos de idade do quarto do hotel onde estava hospedada com os pais e dois irmãos menores na Praia da Luz, no Algarve, em Portugal.

O suspeito

Coube à Scotland Yard anunciar em 2020 que a polícia alemã havia identificado um suspeito de raptar a menina britânica. "A polícia alemã disse, em junho de 2020, que Madeleine foi dada como morta e que o abusador de crianças e traficante de drogas, Christian Brueckner, provavelmente era o responsável por isso", reportou a CNN hoje.

À época, com 43 anos, Christian já cumpria pena, inclusive por estupro.

Ele nega envolvimento no caso, apesar de haver provas de que ele estivesse na região de onde a menina desapareceu na época do crime.

Notícias Relacionadas

Fontes