Caso Maddie: polícia tem novo suspeito

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de junho de 2020

Bandeira do Reino Unido
Outras notícias sobre o Reino Unido
Localização do Reino Unido
Localização do Reino Unido
Imagem do resort onde Maddie desapareceu

A Scotland Yard anunciou ontem que há um novo suspeito de raptar, em 2007, a menina britânica Madeleine McCann, então com quase quatro anos de idade. Ela sumiu em Portugal, do quarto do hotel onde estava hospedada com os pais e dois irmãos menores.

O novo suspeito é um homem alemão de 43 anos, atualmente preso, que, segundo a polícia, esteve na cidade na mesma data em que a menina desapareceu. Na época, ele teria uma van e teria transferido um outro carro, um Jaguar, para o nome de outra pessoa um dia após o desaparecimento de Madeleine, conhecida também por seu apelido, Maddie.

Segundo a Scotland Yard, a Polícia Federal da Alemanha assumirá a investigação do caso devido ao suspeito estar sob sua custódia.

Relembre o caso

Madeleine McCann, nascida em Leicester, na Inglaterra, desapareceu em 03 de maio 2007, no Algarve, em Portugal, poucos dias antes de completar quatro anos. Ela estava hospedada com os pais e irmãos num hotel situado na Praia da Luz.

Maddie, como era chamada pelos pais, tinha sido deixada dormindo no quarto, com os irmãos, enquanto os pais jantavam no restaurante do resort com um casal de amigos. Sua mãe verificou os filhos às 21 horas e mais tarde, pelas 21h30, um amigo também conferiu que tudo estava bem. Quando os pais voltaram ao quarto, pelas 22 horas, encontraram a cama de Maddie vazia e uma janela aberta.

Os pais, amigos e funcionários do hotel fizeram uma busca de pouco mais de 30 minutos no local, até a recepção do Ocean Club alertar a polícia, às 22h41. Durante a noite toda e no dia seguinte, buscas com ajuda de cães farejadores, bombeiros e voluntários da Cruz Vermelha foram feitas, sem sucesso.

A Scotland Yard asumiu as investigações em 2011, depois que a investigação original conduzida pela polícia de Portugal não teve sucesso.

O atual suspeito

Segundo a polícia alemã, o homem, cuja identidade não foi revelada, já havia sido condenado anteriormente por abuso sexual de crianças e atualmente cumpre pena por outro crime.

De acordo com a polícia também, o suspeito viveu no Algarve entre 1995 e 2007, tendo chegado a morar na praia onde Maddie desapareceu. Em Portugal, ele havia trabalhado em restaurantes e havia chegado a morar numa van. Seu histórico criminal inclui a invasão de hotéis para roubar e tráfico de drogas.

O suspeito já havia sido investigado pela polícia no Caso Maddie em 2007.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com