COVID-19: JHU anuncia que novo coronavírus já matou mais de 200 mil pessoas no mundo todo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de abril de 2020

Panfletagem conscientização sobre o coronavírus

Os novos dados anunciados hoje à tarde pela Universidade Johns Hopkins (Johns Hopkins University - JHU) mostram que 201.502 pessoas já morreram no mundo todo de Covid-19. Lideram o ranking os Estados Unidos, com 53.070 mortes, a Itália, com 26.384 casos fatais, e a Espanha, onde 22.902 pessoas faleceram. No total, a JHU também anunciou que 2.868.539 pessoas já foram infectadas em todo planeta.

Apesar dos números elevados, a Itália e a Espanha já sentem certo alívio, uma vez que há mais de uma semana as mortes diárias baixaram e se estabilizaram, passando de uma média de 1.000 para 300 a 400 por dia. A Espanha teve, entre os dias 23 e 24, por exemplo, o menor número de mortes em 24 horas desde 19 de março: 367. Em Nova Iorque, o governador Andrew Cuomo também disse dias atrás que os casos pareciam estar se estabilizando.

No entanto, mesmo nos locais onde as cifras melhoraram, as medidas para evitar novas contaminações prosseguirão. Cuomo anunciou no dia 17 de abril que o bloqueio em Nova Iorque se estenderá até, ao menos, meados de maio. Já na Espanha, o presidente do Governo, Pedro Sánchez, anunciou uma flexibilização no confinamento e, a partir de 02 de maio, se a situação continuar “favorável”, serão permitidas atividades físicas individuais ou passeios em grupos de pessoas que vivam juntas. Também na Espanha, a partir de amanhã, 26 de abril, menores de 14 anos poderão passear na rua por uma hora, desde que acompanhados por um adulto com o qual convivam.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com