COVID-19: Índia assume 3º lugar no ranking de casos confirmados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de julho de 2020

A Índia registrou mais de 23.000 novos casos de contaminações por coronavírus nesta segunda-feira, assumindo, assim, o 3º lugar no mundo, logo após a Rússia. A Índia agora está atrás apenas dos Estados Unidos e do Brasil em termos de casos confirmados em geral.

O país está fechado para viagens internacionais, mas o governo vem gradualmente levantando restrições ao turismo local para tentar impulsionar a economia.

No entanto, em Uttar Pradesh, o estado mais populoso da Índia, as autoridades estenderam a medida de isolamento social (confinamento) para empresas, monumentos públicos e atrações na cidade de Agra, inclusive no Taj Mahal, em meio à expansão contínua da COVID-19. "No interesse do público, foi decidido que a abertura de monumentos em Agra não é aconselhável agora", disseram as autoridades.

O Taj Mahal e outros locais turísticos de Agra estão fechados desde março.

Atualidades sobre a COVID ao redor do mundo

Enquanto governos de muitos países discutem como responder ao coronavírus, um grupo de 239 cientistas de 32 países está pedindo à Organização Mundial da Saúde (OMS) que atualize as orientações sobre a possível disseminação do vírus pelo ar. Os cientistas dizem que há evidências de que o vírus pode permanecer no ar e que partículas menores podem infectar pessoas.

Na Austrália, as autoridades anunciaram na segunda-feira o fechamento da fronteira entre Victoria e Nova Gales do Sul, os dois estados mais populosos do país, após um pico de novas infecções. O fechamento é indefinido e marca o primeiro movimento deste tipo na Austrália desde uma pandemia de gripe há 100 anos.

O governo da Grécia anunciou nesta segunda-feira que proibiu a entrada de viajantes vindos da Sérvia até 15 de julho, depois que o número de casos aumentou.

Na Espanha, governantes de cidade La Marina, na região da Galiza, colocaram todos os 70.000 habitantes em quarentena, depois do relato de vários novos casos. Apenas viagens essenciais dentro e para fora do município são permitidas e reuniões de mais de 10 pessoas estão proibidas. A Espanha é um dos países mais afetados da Europa pela pandemia, com mais de 250.000 casos e 28.000 mortes.

Já em El Salvador, o presidente Nayib Bukele suspendeu a próxima fase de reabertura por duas semanas, devido a aumento de 50% no número de casos novos nos últimos dias. Na nova fase, os ônibus deveriam começar a circular e algumas empresas e fábricas começariam a reabrir a partir de amanhã.

Na Arábia Saudita, antes do início da peregrinação do haje, que atrai 2,5 milhões de muçulmanos para o país todos os anos, o governo disse que limitará o número de peregrinos a mil. Além disto, muçulmanos estrangeiros não terão entrada permitida no país e os peregrinos não poderão tocar na Caaba e terão que manter o distanciamento social de pelo menos 1,5 metro enquanto realizam rituais e orações.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com