Brasil não renovará o acordo bilateral de transporte marítimo com Argentina

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Contêineres no Puerto Nuevo (Buenos Aires).

6 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Em decisão que pegou de surpresa a la chancheleraria argentina, a nação brasileira informou por meio da Subsecretaria do Mercosul do Ministério das Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto que dará por encerrado o acordo de "transporte marítimo" uma vez finalizar sua vigência em 9 de fevereiro de 2022.

Xeque à marinha comercial argentina

A decisão de não manter tal tratado, cuja vigência foi mantida desde 1985, deixa em um mal estado o setor fluvial comercial argentino, que há algum tempo já tem declinado de maneira significativa chegando a um ponto crítico.

Associações e sindicatos temem que os serviços no entorno marinho sejam reduzidos de maneira repentina, afetando assim os trabalhadores, temendo que eles percam seus postos de trabalho assim como também afetará de maeira economica à nação argentina, na qual o comércio marítimo entre ambas nações proporcionava de maneira anual 20 bilhões de dólares.

Fontes