Brasil é ouro na canoagem, velocidade e no triatlo revezamento misto

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Agência Brasil

29 de julho de 2019

O baiano Isaquias Queiroz superou a difícil estreia no último sábado (27), nos Jogos Pan-americanos de 2019, em Lima, quando o parceiro Erlon Souza sofreu um mal súbito durante a disputa de duplas (C2 1000). O medalhista olímpico pegou a dianteira nos primeiros 500m na prova C1 10000. Na reta final, o o combate foi remada a remada contra o cubano Fernando Jorge, vice-campeão mundial na categoria. O brasileiro levou a melhor: completou em primeiro lugar o percurso em 3m47s631.

Em segundo lugar, com a prata, ficou o cubano, com o tempo de 3m48s57; e em terceiro, o canadense Drew Hodges, que levou o bronze, com 3m58s454. As provas de canoagem estão sendo realizadas na Laguna de Meio Mundo, no Parque Natura de Albufera, a 180 quilômetros da capital, Lima.

Foi a quarta medalha de Isaquias Queiroz em Jogos Pan-americanos, e a única no Pan de Lima. A outra chance de o baiano subir ao pódio era na prova de duplas C2 1000, no sábado, junto com Erlon que passou mal. Na Rio 2016 Isaquias Queiroz conquistou duas pratas e um bronze para o Brasil.

Mais cedo, outro canoísta brasileiro, Vagner Souta ganhou o bronze, na prova K1 1000, com o tempo de 3m35s960. Souta lutou muito com o canadense Marshall Hughes, pela segunda colocação, mas não deu: Hughes chegou 53 centésimos de segundo antes do brasileiro: completou o percurso em 3m35s907 e faturou a prata. O vencedor da prova foi o argentino Augustín Vernice com o tempo de 3m31s995.

Triatlo

A equipe brasileira formada por Luísa Baptista, Vittória Lopes, Manoel Messias e Kauê Willy subiu ao lugar mais alto do pódio na manhã desta segunda-feira (29), ao vencer o revezamento misto, a última da modalidade nos Pan-Americanos.

O Brasil começou bem a prova: Luísa abriu a competição dos 300 metros de natação e foi a primeira a sair do mar. Depois percorreu 6,6 quilômetros de bicicleta e 1,5 quilômetro de corrida, terminando na primeira colocação. Em seguida, Kauê Willy caiu para a vice-liderança, ao ser ultrapassado na prova de natação. Na terceira prova, Vittória Lopes retomou a liderança: alcançou a líder canadense e a ultrapassou no volta única de ciclismo. Manoel Messias manteve-se à frente até cruzar a linha de chegada em primeiro lugar.

Foi a quarta medalha do triatlo brasileiro: Luísa Baptista já havia conquistado o ouro no individual feminino, e Vittória Lopes ficou com a prata. No masculino. Manoel Messias também já havia faturado a prata no individual masculino.

Domingo

Na noite de domingo (28), o lutador paraibano Edival Marques, o Netinho, de 21 anos, conquistou o ouro no taekwondo, na categoria 68 kg, depois de uma final emocionante contra o dominicano Bernardo Pie.

Netinho teve dificuldades para superar o dominicano, mas conseguiu reagir no último round e virou o placar a seu favor disparando um chute na cabeça do adversário. Vitória do brasileiro por 17 a 14, que lhe garantiu mais 40 pontos no ranking mundial. A prata ficou com o chileno Fernando Aguierre e o bronze, com o canadense Nkogho. A medalha de ouro conquistada por Netinho pôs fim a um jejum de 12 anos do Brasil na categoria dos 68 kg, no taekwondo.

O desempenho brasileiro na ginástica artística masculina também foi excepcional no Ginásio Villa El Salvador. A equipe brasileira, formada pelos ginastas Arthur Zanetti, Arthur Nory Mariano, Caio Souza, Chico Barreto e Luis Porto, ficou em primeiro lugar e conquistou o ouro, com um total de 250,450 pontos. Os brasileiros deixaram para trás os Estados Unidos, que totalizaram 249,400 pontos e ficaram com a prata. Terceiros colocados, os canadenses levaram o bronze (246,725).

Com o ótimo resultado, o Brasil garantiu vaga para 12 finais: duas serão hoje, às 20h, com os ginastas Arthur Nory e Caio Souza, na disputa individual geral.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati