Bielorrússia confirma terceira morte em protestos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Outra pessoa morreu durante os protestos na Bielorrússia. Em 16 de agosto, um jovem de 19 anos foi morto em Minsk “como resultado de uma colisão de carro”, disse Olga, representante oficial do Ministério do Interior.

O acidente aconteceu no dia 16 de agosto, por volta das 15h30. Ele morreu no local devido aos ferimentos. Olga o chama de "um participante de eventos de massa ocorridos em Minsk nos últimos dias". Segundo ela, as circunstâncias do incidente estão sendo investigadas.

Anteriormente, o ministro da Saúde da Bielorrússia, Vladimir Karanik, disse que duas pessoas foram mortas durante os protestos no país. Ele não deu o nome das vítimas. A polícia afirma que um deles foi morto por um explosivo, que ele supostamente queria atirar contra policiais. O vídeo que circulou no Telegram não mostra nada em suas mãos.

A eleição presidencial foi realizadas em 9 de agosto. Após as eleições, começaram as greves e protestos de trabalhadores contra Aleksandr Lukashenko. Durante todo o período de protestos no país, mais de 7.000 pessoas foram detidas.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com