Baixas expectativas marcam o início da Conferência do Clima de 2010 em Cancun

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amazônia
Outras notícias sobre o meio-ambiente


29 de novembro de 2010

A Convenção das Nações Unidas contra as Alterações Climáticas teve hoje início em Cancun, no México, e logo no seu início as expectativas de um acordo importante são extremamente diminutas. Os mais de 190 países que se reúnem a partir de hoje para conseguir um acordo que substitua o Protocolo de Quioto a partir de 2012.

As expectativas altas que se verificaram na cimeira do ano passado, em Copenhaga, não se verificaram novamente este ano, não sendo previsível que se atinja um acrordo que substituta o Protocolo de Quito, já na sua fse final. Ao invés, as negociações parecem incidir sobre vários protocolos sectoriais, e medidas a nivel ministerial, como a luta contra a desflorestação ou a criação de um Fundo Verde, para o qual deve transitar uma parte dos 100 mil milhões de dólares anuais prometidos até 2020 aos países mais pobres, e que deve ajudar a mitigar as sequelas das alterações climáticas na agricultura dos países em vias de desenvolvimento.

A comunidade científica estima que para conter o aquecimento global em 2 graus até ao final do século, a redução das emissões totais de dióxido de carbono (CO2), esteja situada entre 50 a 85% até 2050, tendo por base o ano de 2000.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati