Bélgica devolve restos mortais de Lumumba à família

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

20 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Patrice Lumumba

O dente do assassinado Patrice Lumumba, o primeiro líder democraticamente eleito do Congo, está programado para ser entregue à sua família na segunda-feira.

O governo belga entregará o dente à família de Lumumba em uma cerimônia oficial em Bruxelas.

Lumumba foi eleito o primeiro primeiro-ministro democraticamente eleito do Congo em 1960 e era muito popular entre seus compatriotas e amplamente impopular entre as potências europeias e americanas.

O Congo tinha sido uma colônia da Bélgica.

Em sua cerimônia de posse em 1960, Lumumba falou em detalhes sobre as atrocidades que o povo congolês sofreu do colonizador belga, irritando o rei belga Balduíno que estava presente.

Lumumba estava no cargo por menos de um ano quando o Cel Joseph Mobutu tomou o poder em um golpe.

Pouco depois do golpe, o jovem primeiro-ministro enfrentou um pelotão de fuzilamento. O policial belga Gerard Soete e seu irmão se encarregaram do desmembramento e dissolução do corpo de Lumumba, de acordo com o escritor belga Ludo De Witte, autor do livro The Assassination of Lumumba.

Décadas depois, em 1999, Soete se apresentou e reconheceu que tinha o dente de ouro de Lumumba.

Fontes