Atlético Junior vence o Once Caldas em Manizales pela final da Primera A colombiana

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pictograma representando o futebol
Outras notícias sobre futebol


Exterior do Estádio Palogrande, casa da equipe Once Caldas de Manizales.
Foto: Jyon/Wikimedia Commons.

22 de dezembro de 2011

Manizales, Colombia — Na noite de 21, o Atlético Junior de Barranquilla venceu o seu rival Once Caldas pela final da categoria Primeira A do futebol colombiano através da cobrança de penalidades ao término dos 90 minutos do jogo, celebrado no estádio manizalita de Palogrande.

Mais cedo, no domingo dia 18, o onceno barranquillero havia vencido no cortejo de ida ao seu rival por 3 a 2(PT-BR) ou 3-2(PT-PT) ao seu similar caldense no Metropolitano. Inicialmente os locais começaram ganhado na segunda metada com as marcações de John Fredy Pajoy (48") e Guillermo Beltrán, após uma assistência do primeiro que fez de cabeza (69").

Enquanto isso, o conjunto "tiburón" ("tubarão", em espanhol) não se deixou aminal e prometeu um empate no resultado global por meio de Carlos Bacca (58"), o que obrigaría ambas as equipes(PT-BR) ou equipas(PT-PT) a definir o título de campeão por penais. As execuções por parte de Junior foram feitas por Giovanni Hernández Juan David Valencia, Sherman Cárdenas e Luis Páez, enquanto que Once Caldas se conformou com Jorge Daniel Nuñez e Ayron del Valle.

Enquanto isso, Sebastian Viera (o goleiro da equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) vencedora) interrompe uma cobrança de Pajoy enquanto que seu companheiro de equipe Beltran mandou a bola fora do arco.

O diretor e técnico do tiburón José "el Cheché" Hernández se declarou satisfeito com o trabalho do Atlético Júnior que classificou para o Grupo 3 da Copa Libertadores:

Tuvimos un gran rival, digno, digno, también tuvo posibilidades de gol y de ganar el campeonato. No tengo palabras qué decir, sólo darle gracias a Dios.
Tivemos um grande rival, digno, digno, também teve possibilidades de gol(PT-BR) ou golo(PT-PT) e de ganhar o campeonato. Não tenho palavras que dizer, só dar-lhe graças a Deus.

A equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) barranquileiro acrescentou assim sua sétima estrela, ao lado dos demais títulos conquistados em anos anteriores (1977, 1980, 1993, 1995, 2004 e 2010).

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati