Atlético Junior vence o Once Caldas em Manizales pela final da Primera A colombiana

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pictograma representando o futebol
Outras notícias sobre futebol


Exterior do Estádio Palogrande, casa da equipe Once Caldas de Manizales.
Foto: Jyon/Wikimedia Commons.

22 de dezembro de 2011

Manizales, Colombia — Na noite de 21, o Atlético Junior de Barranquilla venceu o seu rival Once Caldas pela final da categoria Primeira A do futebol colombiano através da cobrança de penalidades ao término dos 90 minutos do jogo, celebrado no estádio manizalita de Palogrande.

Mais cedo, no domingo dia 18, o onceno barranquillero havia vencido no cortejo de ida ao seu rival por 3 a 2(PT-BR) ou 3-2(PT-PT) ao seu similar caldense no Metropolitano. Inicialmente os locais começaram ganhado na segunda metada com as marcações de John Fredy Pajoy (48") e Guillermo Beltrán, após uma assistência do primeiro que fez de cabeza (69").

Enquanto isso, o conjunto "tiburón" ("tubarão", em espanhol) não se deixou aminal e prometeu um empate no resultado global por meio de Carlos Bacca (58"), o que obrigaría ambas as equipes(PT-BR) ou equipas(PT-PT) a definir o título de campeão por penais. As execuções por parte de Junior foram feitas por Giovanni Hernández Juan David Valencia, Sherman Cárdenas e Luis Páez, enquanto que Once Caldas se conformou com Jorge Daniel Nuñez e Ayron del Valle.

Enquanto isso, Sebastian Viera (o goleiro da equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) vencedora) interrompe uma cobrança de Pajoy enquanto que seu companheiro de equipe Beltran mandou a bola fora do arco.

O diretor e técnico do tiburón José "el Cheché" Hernández se declarou satisfeito com o trabalho do Atlético Júnior que classificou para o Grupo 3 da Copa Libertadores:

Tuvimos un gran rival, digno, digno, también tuvo posibilidades de gol y de ganar el campeonato. No tengo palabras qué decir, sólo darle gracias a Dios.
Tivemos um grande rival, digno, digno, também teve possibilidades de gol(PT-BR) ou golo(PT-PT) e de ganhar o campeonato. Não tenho palavras que dizer, só dar-lhe graças a Deus.

A equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) barranquileiro acrescentou assim sua sétima estrela, ao lado dos demais títulos conquistados em anos anteriores (1977, 1980, 1993, 1995, 2004 e 2010).

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati