Ataque em prisão no Afeganistão: pelo menos 20 mortos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Pelo menos 20 pessoas foram mortas em confrontos entre forças de segurança e combatentes armados do Estado Islâmico que atacaram uma prisão no Afeganistão. Isso foi anunciado pelas autoridades na segunda-feira, depois que um grupo jihadista assumiu a responsabilidade pelo ataque.

Os confrontos ocorreram um dia depois que homens armados atacaram uma prisão na cidade oriental de Jalalabad.

O porta-voz do Hospital da Província de Nangarhar, Zaher Adel, disse à Agence France-Presse (AFP) que 20 pessoas, incluindo pessoal de segurança, foram mortas nos confrontos, mas o porta-voz de um governador disse que foram 21.

Zaher alertou que o número de mortos deve aumentar, já que muitos dos mais de 40 feridos estão em estado crítico.

O ataque à prisão quebrou o cessar-fogo entre o Talibã e as forças do governo afegão que começou na sexta-feira para marcar o feriado muçulmano Eid al-Adha.

A trégua de três dias terminou no domingo, mas Cabul esperava que pudesse ser estendida.

O porta-voz do governador de Nangarhar, Attaullah Hogiyani, disse à AFP que cerca de 700 prisioneiros fugiram durante o ataque e foram presos novamente.

Segundo Khogiyani, os confrontos continuam. Vários veículos blindados e dezenas de agentes de segurança foram enviados para a prisão. Tiros e explosões foram ouvidos.

No momento do ataque, havia mais de 1.700 prisioneiros no local, a maioria deles combatentes do Estado Islâmico e do Talibã, disse uma fonte de segurança à AFP.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit