Armênia: Pashinyan pede identificação de negacionistas da COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de junho de 2020

Protestos contra medidas governamentais em resposta à pandemia de COVID-19 no Canadá

O primeiro-ministro da Armênia, Nikol Pashinyan afirmou que é necessário identificar as pessoas ou grupos que espalham informações falsas sobre a inexistência da COVID-19. Pashinyan disse isso em uma reunião extraordinária do governo.

O primeiro-ministro disse que é necessário lidar seriamente com isso e entender o propósito ou motivos de quem espalha informações erradas. Pashinyan pediu à polícia que faça isso.

Na Armênia, até 12 de junho, foram detectados 15.281 casos do novo coronavírus, dos quais 258 pessoas morreram. O número total de pessoas recuperadas é de 5.639.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com