Aluno atira em colegas em escola de Goiânia e mata dois alunos

22 de outubro de 2017

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Na manhã desta sexta-feira do dia 20 de outubro de 2017, no Colégio Goyases, em Goiânia, um aluno vítima de bullying abriu fogo contra os colegas, matando dois e ferindo quatro. Ele cursava o oitavo ano e era filho de policiais militares, e foi contido pelos colegas e pela coordenadora quando parou para recarregar a arma.[1][2]

O Governo de Goiás decretou luto oficial por três dias. Os pais dos alunos fizeram vigília durante a noite em frente ao colégio onde houve atentado.

Os estudantes mortos foram enterrados ontem. O Ministério Público do Estado de Goiás recomendou na tarde do sábado 21 de outubro a internação provisória por 45 dias do autor dos disparos, e horas depois, a juíza plantonista Mônica Cézar Moreno Senhorello acatou o pedido.

Notícias Relacionadas

Fontes

  1. Aluno atira em colegas dentro de escola em Goiânia e mata dois
  2. Aluno que matou 2 em escola de GO se inspirou em massacres de Columbine e Realengo, diz polícia