É lançado em Cali, Colômbia, a III Copa de Volêibol Sentado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de julho de 2015

Cali, Colômbia

Esta terça-feira na tarde foi realizada a apresentação da III Copa o voleibol sentado com uma partida de exibição entre Disfad (Discapacitados con Fe y Amor al Deporte, Descapacitados com Fé e Amor ao Esporte) e a Seleção Juvenil do Valle del Cauca.

O evento esportivo que será realizado em Cali entre os dias 27 a 31 de julho, é apoiado pela Federação Nacional de Provedores de Justiça (Federación Nacional de Personeros), a Personalidade de Cali, RecOn, o Prefeito da Cidade, a Embaixada da Suécia na Colômbia, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e ONU Colômbia, e participaram 144 esportistas que compõem as equipes provenientes de Monteria, Bogotá, Caucasia, Cartagena, Quibdó, Popayan, Riohacha, Neiva e Medellín, além de duas equipes das Forças Militares.

Intervenção do alcalde (prefeito) de Cali Rodrigo Guerrero.
Imagem: Sahaquiel9102.

O evento começou com a apresentação da Sinfônica Batuta Somos Pacifico. A ONU interveio no evento através do seu programa Respira Paz, na qual busca conscientizar sobre o adequada manipulação das situações da cotidianidade para contribuir à construção da paz, em um momento em que o Governo buscando um acordo de paz com as FARC em Havana (Cuba). Logo, usaram a voz o Provedor de Justiça e o prefeito de Cali, que ressaltaram a realização do evento na cidade, reconhecida como a Capital Esportiva da Colômbia e que já havia sediado eventos esportivos como os Jogos Mundiais de 2013, o Campeonato Mundial de Ciclismo em Pista de 2014 e o Campeonato Mundial Juvenil de Atletismo de 2015 realizada na capital do vallecauana (Valle), na semana passada.

Fernando Aguirre, de Disfad, destacou a importância da reconciliação para um país, cujo conflito interno armado havia deixado milhares de pessoas em situação de deficiência, resaltando que Disfad havia sido constituída por civis e ex-combatentes tanto as forças militares, como dos grupos alzados em armas à margem da lei, sendo um exemplo de reconciliação.

O grupo é um laboratório do que poderia ser Colômbia, integração, a capacidade de reconciliar-nos [...] É o espaço para que as pessoas de um bando e do outro já não diferenciarem seus problemas com arma de fogo, mas com um balão. É muito interessante quando o esporte é o meio pelo qual você vai a mudar uma diferença de opinião com outra pessoa: se perdoar, se joga, se diverte, se competir e se saca o melhor de cada ser humano.
(El grupo es un laboratorio de lo que podría ser Colombia, integración, la posibilidad de reconciliarnos [...] Es el espacio para que las personas de un bando y del otro ya no diferencien sus problemas con arma de fuego sino con un balón. Es muy interesante cuando el deporte es el medio por el cual vas a cambiar una diferencia de opinión con otra persona: se perdona, se juega, se divierte, se compite y se saca lo mejor de cada ser humano.)

Fernando Aguirre, representante da Disfad.

Após à apresentação do grupo de salsa Swing Latino ocorreu a partida de exibição entre os jogadores da Disfad e da Seleção Juvenil del Valle de Cauca, em uma quadra de 10 metros de comprimento por 6 metros de largura, que foi disputado no Bulevar del Río, à altura da Puente Ortiz da cidade colombiana.

Após a partida de exibição, que terminou em favor de Disfad, 25 a 17, dois agrupações da música de dança urbana, Family Urban Art e Sticky Dance, encerrou o evento.

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com