Zamora Induta regressa à Guiné-Bissau depois de quatro anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guiné-Bissau.
Capitão José Zamora Induta (sentado com uniforme militar) conversa com a delegação dos Estados Unidos em 23 de Abril de 2009. De esquerda a direita: Embaixador Mary C. Yates, vice-civil do Comando dos Estados Unidos na África; Embaixadora Marcia Bernicat, embaixadora dos Estados Unidos no Senegal e Guiné-Bissau; David Mosby da Embaixada dos EUA e (em pé) major Karl Asmus da Embaixada dos EUA (Foto de Vince Crawley, Comando dos Estados Unidos na África).
Imagem: Vince Crawley.

Agência VOA

Ex-chefe de Estado Maior das Forças Armadas foi deposto pelo seu adjunto António Indjai.

21 de julho de 2015

O antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau, Zamora Induta, regressou nesta terça-feira, 21, ao país proveniente de Portugal, para onde se exilou desde o golpe de Estado militar de 2012.

De acordo com a agência de notícias Lusa, Zamora Induta comunicou ao chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas o seu regresso ao país.

Zamora Induta abandonou Bissau depois de ter sido demitido e preso na sequência do golpe militar de Abril de 2012 liderado por general António Indjai, seu anterior adjunto no comando das Forças Armadas.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati