Wikiconcurso Novo Museu do Ipiranga pagará 2.500 reais como prêmio principal

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de junho de 2020

A obra "Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro em 1500", de Oscar Pereira da Silva, que integra o acervo do Museu Paulista

Os editores e as editoras da Wikipedia, mesmo que novatos, têm até o dia 15 deste mês para participar do Wikiconcurso Novo Museu do Ipiranga, que tem por objetivo o aprimoramento dos verbetes relacionados à iniciativa GLAM do Museu Paulista. O vencedor do concurso receberá como prêmio 2.500 reais, mas há premiações para os 10 primeiros lugares.

Para saber mais sobre o concurso, acesse: https://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:Wikiconcurso_Novo_Museu_do_Ipiranga

O que é o Wikiconcurso Novo Museu do Ipiranga?

O Wikiconcurso Novo Museu do Ipiranga é uma competição de edições na Wikipédia lusófona. Faz parte de uma série de atividades ao longo deste ano de 2020 conduzidas em colaboração pelo Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil e pelo Museu Paulista (mais conhecido como Museu do Ipiranga). O Wikiconcurso tem por objetivo estimular a participação da comunidade de editores e editoras da Wikipédia no aprimoramento dos verbetes relacionados à iniciativa GLAM do Museu Paulista, que acontece desde 2017.

Os artigos a serem melhorados são todos da grande área de interesse do conhecimento sob a guarda do Museu do Ipiranga. Isso inclui obviamente obras do acervo do museu, mas também pessoas, eventos e locais retratados nessas obras, artistas e políticos marcantes para a formação e história da instituição. Há também verbetes que contextualizam o acervo, por exemplo sobre períodos e estilos artísticos, e que oferecem um sentido administrativo do museu, por exemplo sobre coleções, exposições e publicações. São centenas de artigos com os quais se pode contribuir!

Fontes

Wikiconcurso Novo Museu do Ipiranga, Wikipédia, março de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com