Volta às aulas é tranquila no DF, avalia diretora

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Notícias relacionadas
Pessoas na Cidade do México vestindo máscaras em um trêm pelo vírus H1N1
Mais informações sobre a Gripe:


Agência Brasil

3 de agosto de 2009

Brasília, Distrito Federal, Brasil


As escolas públicas do Distrito Federal retomaram o calendário escolar hoje (3), após o retorno ter sido adiado por uma semana. Segundo a diretora da Regional do Plano Piloto-Cruzeiro, Leila Pavanelli, a volta às aulas foi tranquila.

O registro de faltas de alunos seguiu a mesma média de anos anteriores e foram poucas as ligações de pais que ainda tinham dúvidas sobre o envio de estudantes com gripe para as escolas, a orientação dada foi que se o aluno não tivesse febre ele poderia ir.

Na semana passada, diretores, coordenadores e professores das regionais de ensino do DF participaram de aulas de capacitação. “Prevenir é melhor que remediar, essa parada deu segurança para professores e diretorias sobre como lidar com a gripe”, afirmou Leila. Segundo ela, os alunos receberão um informativo sobre a doença.

Caso algum aluno apresente sintomas de gripe como dor de garganta, dor de cabeça, os professores devem encaminhá-lo à direção. Caso haja febre, a escola deve informar os pais que precisam encaminhar a criança ou o adolescente a uma consulta médica.

As escolas do Distrito Federal foram equipadas com sabão líquido, álcool em gel, termômetro, saboneteira para o gel e o sabão líquido e toalhas de papel. No último sábado, kits de assepsia foram distribuídos em 184 escolas.

Em São Paulo e no Rio Grande do Sul, as aulas começarão no dia 17 de agosto. No Rio de janeiro e no Paraná, as aulas recomeçam no dia 10 de agosto.

O Ministério da Educação (MEC) recomenda que alunos e professores com a nova gripe não compareçam às escolas a fim de evitar novas infecções.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com