Vitamina D pode reduzir o risco de morte por COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

27 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Pesquisadores da Universidade de Boston (Massachusetts, EUA) concluíram que níveis adequados de vitamina D no corpo podem reduzir o risco de morte por coronavírus.

De 206 pessoas com mais de 40 anos, apenas 9,7% dos mortos apresentavam níveis suficientes de vitamina D (pelo menos 30 nanogramas por mililitro), enquanto 20% dos que morreram nesta categoria tinham um nível de vitamina D inferior a 30 ng/ml.

“Este estudo fornece evidências diretas de que a suficiência de vitamina D pode reduzir complicações, incluindo uma tempestade de citocinas (a rápida liberação de muitas proteínas na corrente sanguínea) e, em última análise, a morte por COVID-19”, observou um dos autores pesquisa, Michael Holick.

Em maio, médicos estadunidenses relataram que uma falta aguda de vitamina D aumenta a probabilidade de desenvolver graves sintomas em cerca de 15%. Cientistas do Universidade de Dublin, Irlanda, também apontaram a importância da vitamina D para a prevenção e tratamento do coronavírus.

Fontes

ru Ученые: Витамин D может снижать риск смерти из-за коронавирусаPanarmenian, 27 de setembro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com