Vicente Fox defende a Alca, mas quer México no Mercosul

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mar del Plata (Argentina) - O Presidente do México, Vicente Fox, concede entrevista coletiva durante a IV Cúpula das Américas. Foto: Marcello Casal Jr./ABr.

5 de novembro de 2005

O Presidente do México, Vicente Fox, afirmou hoje que o país tem a intenção de integrar o Mercosul em 2006. A declaração foi feita em Mar del Plata, na Argentina, no último dia da 4ª Cúpula das Américas.

Ainda ontem, Fox havia defendido a Área de Livre Comércio das Américas (Alca), como um acordo no continente único e "que beneficiaria a todos, sobretudo os menos desenvolvidos". E causou polêmica ao assegurar que a criação da área poderia acontecer sem o Mercosul e a Venezuela, que impõem restrições ao tratado.

O presidente revelou, no entanto, que tem um caso de amor tanto com o Mercosul como com a Alca. "Meu amor é amplo e total pelos dois acordos de livre comércio. Se não existir o ‘sim’ (do Mercosul) à minha proposta de casamento, continuarei fazendo amor com o Mercosul e com a Alca", destacou.

Fontes