Venezuela entra em estado de emergência

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de maio de 2016

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro declarou estado de emergência para reflectir "agressão económica", que, em sua opinião, são as forças estrangeiras e política de direita.[nota 1]

Como resultado da queda dos preços do petróleo em 2014, a Venezuela quebrou com a aguda crise económica, política e social. A inflação atingiu um nível de 180%, há uma escassez dos alimentos e de energia.

Cerca de 2 milhões de pessoas assinaram uma petição para a remoção de Maduro no poder.

Nota

  1. Se tornou presidente da Venezuela após a morte do presidente anterior, Hugo Chavez. Um apoiante do "chavismo", doutrina política do "socialismo latino-americano", a combinar radicalismo de esquerda com o nacionalismo e antiamericanismo.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati