Uruguai derrota Jamaica pela mínima diferença na Copa América 2015

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de junho de 2015

Em sua primeira partida no Chile na Copa América 2015, o Uruguai derrotou por Jamaica pouco contra zero, com o fato significativo que é o primeiro a ganhar um primeiro jogo de um torneio com a idade de Oscar Tabárez Washington. O objetivo fazia Cristian "Cebolla" Rodriguez aos 51 minutos de jogo.

A primeira parte do jogo foi desenvolvido sem o time azul poderia gerar na área do adversário, apesar tentativa frustrada ocasional para desequilibrar o jogo. O árbitro não viu a mão de Kemar Lawrence interceptou um passe de Carlos Sanchez foi um pênalti claro.

Deste Jamaica unsanctioned criminosa tentou atacar seu rival Joel McAnuff, mas a falta de precisão ea ansiedade de jamaicanos assumir a liderança impediu este objetivo seja alcançado. Mesmo 39 minutos Darren Mattocks estou sozinho na frente do goleiro Sanchez sequência de um erro uruguaio quando eles vieram para atacar, mas não conseguiu converter ambos.

Uruguai atacante Nicolas Lodeiro foi como responsável por comandar o ataque da sua equipa, mais clara a bola solta de Cebola Rodriguez virou o pé esquerdo da frente da área que obrigou o goleiro Jamaica para enfrentá-lo em duas tentativas. A segunda passagem deu para Cavani que foi derrubado por um defensor, e outro criminoso que o árbitro não apitou.

Ele começou o segundo tempo, e quase no início do time uruguaio assumiu a liderança e quando tudo parecia assumir que estava a dominar o encontro, o jamaicano arriscou tudo e foi freneticamente tentando conseguir o empate. Poderia ter conseguido a equipe uruguaia a liderança, mas Stuani não aproveitou uma oportunidade para virar quando ele se viu sozinho na frente do gol, mandou a bola por cima do travessão. A partir de agora passes longos e explorações extensivas da bola que resultou na vitória pela vantagem mínima

Escalações

Uruguai Uruguai: Fernando Muslera; Maximiliano Pereira, José Giménez, Diego Godin, Alvaro Pereira; Carlos Sanchez (m.72, Christian Stuani), Egidio Arévalo, Nicolas Lodeiro (m.85, Alvaro Gonzalez), Cristian Rodriguez (m.63, Giorgian de Arrascaeta); Diego Rolan e Edinson Cavani. Treinador: Oscar Washington Tabárez.

Jamaica Jamaica: Duwayne Kerr; Michael Hector, Wes Morgan, Adrian Mariappa, Kemar Lawrence; Rodolph Austin, Joel McAnuff, Garath McCleary; Simon Dawkins (m.53, Lance Laing), Giles Barnes, Darren Mattocks (m.74, DeShorn Brown). DT: Winfried Schaefer.

Árbitro: Jorge Argote Venezuela Venezuela

Fontes