Uribe: "quem acha que as FARC não são terroristas, que venha aqui"

Fonte: Wikinotícias

14 de maio de 2008

link=mailto:?subject=Uribe:%20"quem%20acha%20que%20as%20FARC%20não%20são%20terroristas,%20que%20venha%20aqui"%20–%20Wikinotícias&body=Uribe:%20"quem%20acha%20que%20as%20FARC%20não%20são%20terroristas,%20que%20venha%20aqui":%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Uribe:_%22quem_acha_que_as_FARC_n%C3%A3o_s%C3%A3o_terroristas,_que_venha_aqui%22%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
link=mailto:?subject=Uribe:%20"quem%20acha%20que%20as%20FARC%20não%20são%20terroristas,%20que%20venha%20aqui"%20–%20Wikinotícias&body=Uribe:%20"quem%20acha%20que%20as%20FARC%20não%20são%20terroristas,%20que%20venha%20aqui":%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Uribe:_%22quem_acha_que_as_FARC_n%C3%A3o_s%C3%A3o_terroristas,_que_venha_aqui%22%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

"Aqueles que ainda tem dúvidas do caráter terrorista das FARC, que venham aqui", disse o Presidente da Colômbia Álvaro Uribe, segundo a Rádio Caracol, durante discurso no municipio de Planadas, departamento de Tolima, na segunda-feira(12).

Uribe disse: "no último ano, as FARC, em Planadas assassinaram 46 integrantes da Força Pública, 134 foram feridos e 95 feriram-se por causa de minas terrestres. Que a Europa tome conhecimento disto, que a América Latina saiba disso, que saibam disso os povos do Equador e da Venezuela, o quanto sofremos aqui e que estamos superando".

Segundo o colombiano: "as FARC aqui [em Planadas] implantaram um regime de terror, escravizou toda uma comunidade durante 40 anos, através de minas terrestres, extorsão, sequestro e sequestro seguido de assassinato".

Uribe disse que deseja que as populações dos países vizinhos: Equador e Venezuela "não sofram os atropelos sofridos pelos colombianos com as FARC".

Fontes